Unidos da Saudade denuncia fraude, vai à Justiça e tenta o cancelamento do carnaval 2014

O carnaval de 2014 em Nova Friburgo não terminou na passarela do samba e deverá ser decidido na Justiça. A Unidos da Saudade entrou com uma ação no Ministério Público nesta segunda-feira, 19, pedindo o cancelamento do resultado dos desfiles das Escolas de Samba, baseado em vídeo gravado por dois componentes da escola. As imagens feitas no mês de abril — cerca de um mês após a apuração das notas — mostram uma conversa entre os diretores da roxo e branco e um dos coordenadores dos jurados, contratado pela Liga das Escolas de Samba de Nova Friburgo. Responsável por 15 julgadores (os outros 15 eram de responsabilidade de outro coordenador), ele admite ter recebido propina para adulterar algumas notas. 

"O coordenador fala que veio com as notas prontas para derrubar uma escola de samba, que é assim que ele está acostumado a fazer. Com isso, a Saudade deseja ou o cancelamento do carnaval ou que as três agremiações sejam declaradas campeãs. Não estamos acusando ninguém, nenhuma agremiação ou dirigente. Estamos pedindo à Liga para que cancele o resultado do carnaval até que a Justiça investigue o que este cidadão falou. Divulgamos para a imprensa, mas preservamos o nome dos envolvidos e soltamos a parte em que o coordenador explica como é feito o esquema, cita o nome de Nova Friburgo e fala que só tinha quinze jurados”, esclarece Peter Filot, presidente da Unidos da Saudade.

O vídeo, de aproximadamente 30 minutos, foi gravado no Campo de Santana, no Rio de Janeiro. A ideia de investigar as notas surgiu com o descontentamento pelos 9,5 atribuídos ao samba-enredo da Saudade, sob a justificativa de não ter empolgado o público na avenida. A escola procurou o responsável pelo jurado, e antes da gravação, realizou outros dois contatos no espaço de um mês. "A gente não pode ir até o jurado de samba-enredo. Existe o coordenador que é responsável pela metade do júri. A gente pega as notas dos jurados sob responsabilidade deste coordenador e analisa. Nos outros quinze, foram notas normais. Mas nesse em questão foram notas baixas, especialmente em samba-enredo”, analisa Peter.

O coordenador envolvido na denúncia, de fato, não cita o nome de nenhuma agremiação. Durante a conversa, ele revela a intenção de prejudicar uma das escolas nos quesitos samba-enredo e comissão de frente e explica o funcionamento do esquema — que admite também ser utilizado em outras cidades para as quais presta serviço — os jurados chegam para avaliar os desfiles já com as notas e justificativas prontas. Na avenida, o coordenador passa pelas cabines e apenas pede para que utilizem a própria letra. O valor da propina seria de 20 mil reais (a contratação do coordenador custou 2 mil reais e cada jurado recebeu 600 reais), mas por enquanto não existem suspeitos quanto ao autor do pagamento, tampouco informações sobre a origem do dinheiro. "Para ele foi normal explicar o esquema. Nunca imaginaria que estaria sendo gravado daquela maneira. Ele foi muito natural.”

A Unidos da Saudade alega que tentou resolver a questão internamente no primeiro momento, e realizou diversas reuniões com representantes da Liga das Escolas de Samba. No último encontro, diretores da Vilage no Samba teriam recusado qualquer acordo. "Vamos repassar uma cópia do material à Liga, pois queremos que esteja sempre por dentro de tudo. Primeiro tentamos resolver internamente, não conseguimos. Reunimos documentos, o vídeo na íntegra, as outras conversas e entregamos tudo à Justiça. Eles farão o encaminhamento ao Ministério Público”, conta Peter.

Ainda não há prazo para o julgamento do processo, mas a Unidos da Saudade espera que o resultado do carnaval seja suspenso até a definição judicial. A Liga das Escolas de Samba de Nova Friburgo ainda não se pronunciou sobre o assunto. O imbróglio, inclusive, poderá colocar em xeque a credibilidade do carnaval friburguense. Os movimentos em prol da folia na cidade correm riscos de enfraquecimento e a luta por maiores recursos ganha mais um adversário. Apesar do cenário desfavorável, Peter pondera sobre as possíveis consequências negativas à folia na cidade. "Queremos mostrar que estamos de olho. Não só a Saudade, mas todas as agremiações vão ficar mais atentas, e se for comprovado que alguém realmente fez isso, que a pessoa pense duas vezes. É difícil conseguir patrocinador para o carnaval. Além de paixão, tem dinheiro público e privado envolvidos. Tudo que nós queremos é preservar o carnaval e evitar o atrito.”



Vilage contesta; Imperatriz defende a anulação

Ao tomar conhecimento do vídeo e da ação impetrada pela Unidos da Saudade, a Vilage no Samba divulgou nota oficial contestando as denúncias. A verde e branco de Duas Pedras, inclusive, pede que o coordenador envolvido seja convocado para prestar esclarecimentos, e promete tomar as devidas providências judiciais contra as acusações.

Terceira colocada no carnaval deste ano, a Imperatriz de Olaria declarou apoio ao cancelamento dos resultados, através de nota assinada pelo presidente André Gripp. A vermelho e branco defende uma "punição exemplar aos envolvidos” na suposta fraude.

 


 Íntegra da nota oficial da Vilage no Samba


"São mais do que graves as denúncias orquestradas pelos dirigentes do G.R.E.S Unidos da Saudade. Elas colocam em dúvida muito mais do que a lisura do julgamento do carnaval 2014 e vão de encontro a maior violência contra a dignidade humana: a injustiça. Agredindo os princípios básicos da cidadania e machucando o indivíduo na sua liberdade, na sua paz, na sua alma.

Neste caso, as denúncias ardilosamente construídas, orquestradas e divulgadas, ainda sem qualquer apuração, atingiram um numeroso grupo de pessoas que trabalharam, desfilaram, torceram apaixonadamente por um título que fora consagrado por toda cidade. Fora ganho na avenida, da mesma forma que fora perdido nos três últimos carnavais. Neste sentido, não há dano individual, mas a uma instituição sexagenária e, sobretudo, a uma digna comunidade.

Não é preciso ser estudioso de leis para saber que o ônus das provas cabe ao acusador. Nele também esbarram as responsabilidades civil e penal de suas ações. Basear-se em falácias, divulgar calúnias, sem o responsável e garantido direito constitucional ao contraditório, pode incitar uma perigosa violência social, condenada em todo nosso ordenamento jurídico.

Pelos motivos expostos, o G.R. Vilage no Samba solicita a imediata convocação do coordenador do último corpo de julgadores do desfile de 2014, para prestar esclarecimentos junto a Liga de Escolas de Samba e Blocos de Enredo de Nova Friburgo sobre os fatos narrados em gravação trazida ao conhecimento público pela diretoria da Unidos da Saudade. É dever da Liga apurar os fatos e não permitir que a mentira prospere, resguardando o direito das pessoas de boa fé.

A Vilage no Samba promoveu um carnaval incontestável, referendado pela maioria do povo e da imprensa, e irá responsabilizar civil e criminalmente a todos aqueles que tentaram denegrir a imagem da Agremiação, sem prejuízo das ações civis e penais individuais que couberem a cargo do diretor ofendido. Estas ações serão estendidas também aos que fomentam calúnias nas redes sociais, tendo como base o novo texto do Marco Civil.”

POR AVS


Cefet de Nova Friburgo, RJ, prorroga prazo de inscrições para concurso

Vagas são destinadas a técnicos administrativos e professores.
Inscrições vão até os dias 28 e 30 de abril, respectivamente.




O Campus de Nova Friburgo do Cefet/RJ, na Região Serrana do Rio, prorroga as inscrições até os dias 28 e 30 de abril do concurso para técnicos administrativos e professores, respectivamente. As inscrições são feitas pessoalmente mediante pagamento de taxa. A prova será realizada no dia 10 de maio.
O concurso para professores abrange diversas áreas. São elas: Biologia, Direito, Economia, Engenharia de controle e automação, Engenharia elétrica, Engenharia eletrônica, Filosofia, Física, História, Informática, Língua estrangeira (português-francês), Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia. A taxa de inscrição é de R$ 75,00.
Para o concurso Técnico Administrativo, são oferecidas 11 vagas. A taxa de inscrição é de R$ 38,00, para nível médio, e de R$ 65,00, para nível superior.
As inscrições devem ser feitas das 9h às 19:30h, no Posto de Inscrição do campus de Nova Friburgo, que fica localizado na Av. Governador Roberto Silveira, nº 1900, Prado. Mais informações no site: noticias.cefet-rj.br/2014/04/01/concurso-publico-professor-do-quadro-permanente-2014/

Segundo acusado de matar dois em bloco de Nova Friburgo, RJ, é preso

Frederico de Souza Santos estava foragido e foi preso nesta sexta (25).
Crime aconteceu em janeiro de 2013 no bairro Olaria.



Frederico de Souza Santos, de 21 anos, acusado de matar duas pessoas durante um ensaio de bloco de carnaval em Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, em janeiro do ano passado, foi preso na madrugada desta sexta-feira (25) na Rua Ambrósio em Mesquita, no Rio de Janeiro. Policiais do Serviço Reservado (P2) de Nova Friburgo receberam a informação de que Frederico estava morando no local e iniciaram a operação de busca em parceria com policiais de Mesquita.
Frederico era considerado foragido da Justiça e contra ele havia dois mandados de prisão. Ele é acusado de matar Daniel Fernandes, de 20 anos, e Wandariete Klein, de 37 anos, além de tentativa de homicídio por ferir outras nove pessoas com disparos durante o bloco. Fred, como é conhecido, também tem anotações criminais por roubo de veículos e à residência. Frederico foi levado para 53ª DP de Mesquita.
No início deste mês, Rubens Leandro Berriel, também acusado de atirar contra Wandariete e Daniel foi condenado a 104 anos de prisão. Ele estava com Frederico no momento do crime e também efetuou disparos contra a multidão. Rubens Leandro pode recorrer da decisão.
Relembre o caso
O crime aconteceu no dia 13 de janeiro de 2013 durante o ensaio de um bloco de carnaval no bairro Olaria, em Nova Friburgo. Segundo informações da polícia, o crime teria sido praticado por vingança, já que a vítima, Daniel Fernandes, teria se encontrado um dia antes com a ex-namorada de Frederico. O rapaz era considerado foragido, e procurado pelos mesmos crimes relacionados à Rubens.
Outros dois homens, Allan de Assis e Marlon Pereira de Souza, também apontados por terem participação no crime, foram presos três dias depois. Eles recorreram da sentença de pronúncia e aguardam posicionamento da justiça para ver se vão ou não à julgamento. Na época da prisão, a polícia chegou a informar, inclusive, que o Marlon era o chefe do tráfico de drogas no bairro Olaria.


POR G1

Campanha de vacinação começa em cidades da Região Serrana

O dia D da campanha de vacinação contra a gripe será neste sábado (26).
Petrópolis, Nova Friburgo e Teresópolis já iniciaram a campanha.



Começou nesta quinta-feira, na Região Serrana, a campanha de vacinação contra a gripe. Em Petrópolis, em Nova Friburgo e em Teresópolis, as pessoas buscaram as unidades de saúde para serem imunizadas. Logo nas primeiras horas do dia, houve fila no postos de saúde. Teve pessoas que fizeram questão de chegar cedo. E a causa é importante: a gripe é uma doença que pode ir muito além de um simples resfriado.
Quem estၠno grupo de prioridade são funcionários de unidades prisionais, gestantes, mulheres que deram à luz em até 45 dias e crianças com até quatro anos de idade também devem ser vacinados. A campanha é nacional e, em Petrópolis, a expectativa é imunizar 69 mil pessoas. Em Teresópolis, 40 mil. Nova Friburgo tem 47 mil pessoas no grupo prioritário. A meta do Ministério da Saúde é atingir pelo menos 80% desse público até o dia 9 de maio. Na Região Serrana, assim como em todo o país, no sábado (26) será o dia D da vacinação. Nessa data, as unidades e postos de saúde estarão abertos para que as pessoas possam ser vacinadas

Friburgo, RJ, abre inscrição para caminhada na Trilha dos Imigrantes

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 1º de maio.
'Desafio Por Ti Friburgo' acontece no dia 3 de maio.



Visando refazer o caminho percorrido pelos imigrantes para a fundação de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, foi criado pelo Centro Cultural Teuto-Friburguense (CCTF) o “Desafio Por Ti Friburgo”, uma caminhada a ser realizada no próximo dia 03 de maio na Trilha dos Imigrantes. As inscrições, no entanto, só vão até o dia 1º de maio.
O Desafio Por Ti Friburgo vai comemorar 190 anos da primeira colônia alemã e os 195 anos da primeira colônia suíça do Brasil através de uma trilha de aproximadamente 40 km, com duração de cerca de 10 horas. “O Desafio não é uma competição, ou seja, todos teremos tempo para curtir a mata, a natureza, e fazer um passeio único, inesquecível”, comentou a presidente do CCTF, Dalva Brust. A saída está prevista para as 6h de Castália, e a chegada às 18h, na Praça Marcílio Dias. O percurso será o seguinte: Castália (Cachoeiras de Macacu) - São Lourenço – Cônego – Praça Marcílio Dias (Nova Friburgo).
Esta trilha foi, durante muitos anos, usada como acesso à Nova Friburgo, Cantagalo e Minas Gerais pelas carruagens do império e por todos os imigrantes que chegaram até o inicio do século XX. Era um leito dos tropeiros que abasteciam as vilas com alimentos, tecidos e outros produtos e desciam com o café, ouro e tudo que interessava ao Rio de Janeiro, ou que seriam embarcados no porto.
As inscrições para o Desafio Por Ti Friburgo são gratuitas e se encerram no dia 1º de maio. Elas podem ser feitas através do site www.portifriburgo.com.br. Podem participar maiores de 18 anos ou maiores de 16 anos acompanhados dos responsáveis legais.

Dia de Olaria é comemorado com serviços à população Friburgo

Nesta segunda-feira (21), Nova Friburgo, comemora o Dia de Olaria. Olaria é o bairro mais populoso da cidade e as comemorações vão das 9h às 18h até o próximo domingo (27). |Durante a manhã desta segunda, serão oferecidos diversos serviços para os moradores, como recreação infantil, aferição da pressão arterial, teste de glicose e alongamento (com a participação de grupos da terceira idade.

As atividades vão ser realizadas em frente a igreja Nossa Senhora das Graças, onde serão executados os hinos de Olaria, Nova Friburgo e do Brasil, seguidos do ato ecumênico e discurso das autoridades. Na parte da tarde, haverá apresentações culturais: teatro infantil "Belinha e Sua Malinha", capoeira, música, como o hip hop e o concerto da banda Euterpe Friburguense.
Programação da semana
As comemorações pela data prosseguem durante a semana. haverá duas rodas de conversa no auditório da Igreja Batista, situada na rua Presidente Vargas, 60. No dia 22, terça-feira, Carlos Alberto da Fonseca Coelho anima o papo falando sobre o esporte, incluindo a história do antigo Serrano, cuja data de fundação se deu em 21 de abril, servindo de base para a criação, através de lei municipal, do Dia de Olaria.

No dia 24, quinta-feira, o assunto é o resgate da cultura de Olaria, com Ilma Santos, Lucília Galvão, Luiz Antônio Gomes e um representante da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf), que apóia o evento, junto a prefeitura, através da Subprefeitura de Olaria.
No dia 27, domingo, as festividades pelo Dia de Olaria serão encerradas com um desfile de bandas, também na praça do bairro. Participam as bandas do Colégio Municipal Dermeval Barbosa Moreira (reativada e que faz sua estréia), Ebenézer e do Colégio Nossa Senhora das Graças.